Formação Humana, Espiritualidade e Filosofia da Educação

01/11/2011 22:14
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Formação Humana, Espiritualidade e Filosofia da Educação

 
Os termos que intitulam este post serão temas de três eventos parcialmente simultâneos que ocorrerão em setembro ou outubro de 2012, na cidade do Recife, em datas e local a serem confirmados em breve.


Os eventos – I Encontro Internacional de Formação Humana, I Encontro Internacional de Educação e Espiritualidade e o VI Encontro de Filosofia da Educação do Norte e Nordeste – serão promovidos, respectivamente, pelo Instituto de Formação Humana, pelos Núcleos de Educação e Espiritualidade e de Teoria e História da Educação do Programa de Pós-graduação em Educação da UFPE.
 
 
 
Por meio da realização conjunta desses três eventos, estaremos dando um passo fundamental no sentido do processo de consolidação científico-acadêmica das áreas da Formação Humana e da Espiritualidade, assim como evidenciando liames entre estas e a Educação e Filosofia – em outro post iremos tratar especificamente da relação entre tais áreas.
 
 


O campo da Formação Humana, como área de estudo, pesquisa e extensão, é ainda incipiente no Brasil. Como toda área emergente, ela surge como campo interdisciplinar, visto que toma por objeto algo que até então se situava em zonas fronteiriças de outros campos disciplinares. O surgimento dessa área e o esforço por sua consolidação acadêmico-científica se devem às necessidades evidenciadas pela própria realidade que se expressa na vida social, cultural e política de nossa sociedade.
 
 
 
Os diversos fenômenos de violência física, institucional, simbólica e linguística que acontecem em vários setores sociais (escolas, famílias, comunidades, instituições estatais e privadas, espaço urbano, etc.) de forma sistemática, assim como a dificuldade em se promover o desenvolvimento humano, social e econômico de forma articulada, além do desafio de fazer com que as pessoas venham a se comprometer integralmente com a formação de si mesmas por meio da orientação lúcida e significativa de suas vidas, tudo isso demonstra que a atual divisão que se impõe às instituições, políticas públicas e ao campo científico, entre educação e demais ciências do homem, ciências da saúde, comunicação e ciências sociais, não consegue compreender, promover, nem realizar aquilo que constitui o cerne do que aqui nomeamos por formação humana. Para melhor entendimento desta temática, clique aqui.


A consolidação deste campo, como a de qualquer campo emergente, enfrenta obstáculos compreensíveis devido a interesses, práticas e grupos estabelecidos, tanto no âmbito científico como nas demais instituições, o que evidencia o fato de que campos de saber e prática se institucionalizam não apenas devido às necessidades reais que os demandam, mas, também, pela superação dos diversos entraves e obstáculos impostos pela estrutura dos demais campos estabelecidos.


Portanto, a realização de um evento científico deste porte sobre a temática da formação humana é algo muito relevante e significativo. Na ocasião, teremos a presença já confirmada, entre outros convidados, do pesquisador em formação humana, psicólogo, educador e praticante espiritual Mark Greenberg (eis abaixo, em inglês, video de um diálogo seu com o Dalai Lama), que dirige o Centro de Pesquisas em Prevenção da Universidade do Estado da Pennsylvania e participa frequentemente, como conferencista convidado, de eventos do Mind and Life Institute. Ele é autor, entre outras obras, do componente curricular Educação Emocional e Relacional para Crianças –Pensamento, Afetividade e Trabalho com Habilidades Sociais (PATHS), que será publicado nos próximos meses pelo Instituto de Formação Humana, obra sem paralelo ainda no campo educacional brasileiro e que será de grande utilidade para todos os educadores do Ensino Fundamental I.

 
 


O campo da espiritualidade, considerado isoladamente ou em relação à educação, não é um campo emergente, visto que se constitui tema de reflexão e experiência milenares para determinados setores sociais e tradições filosóficas, místicas e religiosas. Os obstáculos que se impõem à consolidação acadêmica, teórica e científica dessa área se devem a razões históricas, sociais e de modelos civilizatórios que impuseram o rótulo de metafísico e religioso a todo conteúdo de experiência que não pudesse se traduzir diretamente nos modelos da ciência clássica, nem pudesse se reduzir exclusivamente ao âmbito intelectual-discursivo que caracteriza hegemonicamente a filosofia na era moderna. A lucidez e a profundidade dos insights sobre o ser humano e o Ser em geral, assim como o discernimento que daí deriva e se aplica à condução da vida humana em sua amplitude, jamais deixaram de existir apesar do veto da comunidade científica à admissão em seu meio. A própria história da educação ilustra a articulação deste campo com a espiritualidade em diversos contextos e momentos históricos. Durante as últimas décadas, diversos cientistas e renomados representantes de tradições espirituais vêm estabelecendo diálogos frutíferos e profundos à contribuição recíproca entre ciência e espiritualidade – o instituto Mind and Life é exemplo de iniciativa desse tipo. Considerando, portanto, que a educação é intrinsecamente um campo de saber e prática relativo ao ser humano, torna-se compreensível a relevância do diálogo entre os saberes e experiências que emanam da espiritualidade e da educação. Não temos dúvida, portanto, da relevância desse I Encontro Internacional de Educação e Espiritualidade.
 
 
 
Por fim, mas não em menor conta, o campo da Filosofia da Educação, subárea já consolidada no campo educacional, se expressa de modo plural, com todas as tendências filosóficas do espírito humano relativas à educação, mas não de modo avesso às compreensões relativas às temáticas anteriores. Aliás, foi por intermédio da expressão neste campo que várias das pessoas que trabalham na organização destes eventos puderam transitar para as temáticas da formação humana e da espiritualidade. Estaremos, na ocasião, dando continuidade à trajetória frutífera e enriquecedora da Filosofia da Educação nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, por meio deste encontro que já está em sua VI edição.
 

 

Iremos continuar a divulgar informações sobre os eventos neste blog.

 
José Policarpo Junior
Diretor-presidente do IFH e professor do Núcleo de Educação e Espiritualidade da Pós-graduação em Educação da UFPE
 

0 comentários:

 

 

Postar um comentário

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Contato

Educação e Espiritualidade Rua Mirabela sol2409@gmail.com